terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Cerveja Blanche de Namur - Bélgica

     Boa tarde, caros amigos. Escrevo este post numa tarde quente e ensolarada, clima propício para beber uma deliciosa cerveja.  E hoje mostro a vocês uma cerveja que conheci a alguns dias durante visita a casa de meu primo Alexandre, trata-se da Blanche de Namur, witbier de origem Belga.
     Confesso que ainda não a conhecia, mas a primeira impressão foi muito agradável:  uma tampa-rolha e um selo no rótulo informando que a mesma já foi vencedora no  WBA (Festival de bebidas Americano). 
     Como já disse, trata-se de uma cerveja do tipo witbier, cerveja branca, ou ainda cerveja de trigo como conhecemos no Brasil.  Além do trigo, esta cerveja mantém uma característica marcante das witbier belgas; o sabor cítrico; combinação de coentro e laranja, o que realmente foi percebido durante a degustação, sente-se um gostinho azedo, que deixa a cerveja com um gosto diferente e especial, A coloração bem clara, um amarelo-palha e a espuma pouco consistente completam a descrição desta bela cerveja.  Uma cerveja para ser apreciada em bons momentos, como este !

Ficha técnica:

Bebida: Cerveja
Nome: Balnche de Namur
Tipo: Witibier ( Cerveja de trigo)
Fabricante: Du Bocq
Graduação Alcoólica: 4,5 %
Temperatura ideal para consumo: entre 0 e 4º
Preço: cerca de R$ 9,00 / 750 ml (Sam's Club)
Degustada em 31/01/2012

Avaliação final: Cerveja refrescante, leve e agradável,  com boa relação custo-benefício.

Por hoje é isso, e até mais !

sábado, 18 de fevereiro de 2012

Cerveja Faxe Premium - Dinamarca

     Boa tarde caros leitores. Hoje temos aqui neste espaço, uma lata que todo colecionador da década de 90 sonhava ter; a dinamarquesa Faxe. Era a única lata de 1 litro existente na época, e salvo engano custava cerca de R$ 10,00 , o que em 1995 era um dinheirão. Na época acabei não comprando, e depois de muito tempo, no final do passado acabei adquirindo-a de um amigo colecionador. Bem, então vamos ao que interessa: a cerveja Faxe é produzida na Dinamarca, pelo grupo Royal Unibrew e tem como descrição comercial: 
" Faxe Premium é uma cerveja premium clássica com um sabor suave e característico.  A combinação dos melhores, lúpulo e água de uma fonte natural , resulta em uma cerveja que é encorpada, mas ao mesmo tempo agradavelmente suave."
    

Ficha técnica:

Bebida: Cerveja
Nome: Faxe Premium
Fabricante: Royal Unibrew
Nacionalidade: Dinamarca
Graduação Alcoólica: 5%
Ano de fabricação: 1995
Capacidade da lata: 1000 ml

Por hoje é isso, e até mais !
Se dirigir, não beba !!!

Veja também o post da Faxe Royal !

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Como gelar sua cerveja em 3 minutos !

     Boa noite amigos, decidi compartilhar este ótimo vídeo da cerveja Brahma, que nos mostra como deixar uma cerveja no ponto bem rapidinho ! 

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Cerveja Skol Barril 5 litros - Brasil

Postagem original em 27/12/2010 - repostado devido a problemas no Blogger

     Boa noite amigos ! Depois de 2 dias sem escrever nada, devido ao feriado de Natal e todas as suas visitas, almoços, jantas e etc, estou novamente aqui, e com uma novidade, pelo menos para mim: o Barril de 5 litros da Skol. 
     Eu já possuia o barril da Heineken, presente do meu irmão, mas esse da Skol, eu nunca tinha visto. Vi o pela primeira vez no supermercado, sábado passado, e hoje já fui lá comprar, e o preço não foi dos melhores: R$ 32,00. É o segundo barril da minha coleção, e provavelmente será consumido no Reveillon. O sistema de pressurização é diferente do barril Heineken, e possui a possibilidade de recarga, sendo que o Heineken é lacrado. Este barril já havia sido lançado no estado de São Paulo em abril, e chegou agora no oeste Paranaense. Nas instruções, há uma informação para deixá-lo resfriando por 8 a 10 horas, deixando o produto muito gelado. 
     Não sei se não segui as instruções da embalagem corretamente, ou se realmente funciona desta forma, mas o fato é que somente nas primeiras vezes o barril apresentou pressão suficiente. A partir da metade do barril, a cerveja apenas escorria pela torneirinha, sem sequer fazer espuma. Neste ponto, me decepcionou e ficou muito abaixo do barril Heineken. Espero que a Skol melhore neste aspecto, pois realmente deixou a desejar.
Skol - 5 litros


Ficha Técnica:

Bebida: Cerveja
Nome: Skol
Fabricação: 2010
Capacidade barril: 5 litros
Graduação Alcoólica: 4,7%



Por hoje é isso ! Até Breve !






Itaipava Fest x Budweiser

      Boa noite, amigos. Hoje vamos fazer um comparativo entre duas cervejas voltadas ao público jovem, a Itaipava Fest e a recém nacionalizada Budweiser. 
     A Budweiser possui em sua composição cereais não-malteados como o arroz, bem como a Itaipava Fest e isso faz com que as mesmas não se enquadrem na categoria premium de cervejas, mas a faixa de preço em que se encontram difere da qualidade do produto, mas isso não vem ao caso. Vamos ao comparativo:

Preço: Vencedora - Itaipava Fest 
A Itaipava Fest custa R$ 1,79  e a  Budweiser R$ 1,99, portanto: Itaipava 1 x 0 Bud

Embalagem: Vencedora - Itaipava Fest
Esse foi um quesito de avaliação subjetiva, mas é fato que a garrafa de Itaipava é mais agradável que a básica garrafa da Bud. Itaipava 2 x 0 Bud

Espuma: Vencedora - Budweiser
As duas possuem uma espuma de baixa densidade,  com baixa duração, mas a espuma da Bud foi um pouco mais duradoura que a da Itaipava, ponto pra Bud.  Itaipava 2 x 1 Bud.

Coloração: Vencedora - Itaipava Fest
A coloração da Itaipava é mais forte que a Budweiser, que como mostra a foto abaixo, é uma cor palha, muito opaca, enquanto na Itaipava Fest é um belo dourado. Itaipava 3 x 1 Bud

Sabor: Vencedora - Budweiser
A Itaipava possui um sabor muito leve, quase sem amargor e uma alta carbonatação, enquanto a Bud é mais  encorpada com o gosto presente do malte e baixo amargor. Para este quesito, que acredito ser o mais importante, o valor será de 2 pontos. Itaipava 3 x 3 Bud.

Detalhe da alta carbonatação

Coloração mais clara da Bud


O saldo final deixa-nos numa situação complicada, com a existência de um empate. Porém, se me perguntassem, qual eu compraria, sem dúvida seria a Budweiser, pois achei a Itaipava Fest muito aguada, sem graça e com muito gás. Então os itens estão aí, e agora é com vocês, concordar ou não...........



Até mais, e obrigado pela visita !!!



segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Cerveja Valentins Weissbier - Alemanha

     Bom dia caros amigos. Hoje temos aqui no blog, mais uma representante da escola cervejeira Alemã, a cerveja Valentins Weissbier.
     A lata que possuo veio de São Paulo, através da minha querida esposa, que entre uma palestra e outra encontrava um tempinho para procurar novas latas para este que vos escreve.
     Quando fui pesquisar sobre a cerveja, descobri que trata-se da cerveja dos namorados, pois faz referência a São Valentim, que dá nome ao Valentine's Day (o dia dos namorados). A lata traz estampada uma bela imagem de São Valentim, e a fábrica se utiliza deste para suas ações de marketing.
     Vamos então a descrição comercial:  Trata-se de uma cerveja branca ( malte de trigo), muito refrescante, com cor clara brilhante, fabricada de acordo com lei de pureza da Baviera datada do ano de 1516, criando uma cerveja de trigo única e premiada, garantindo a grande qualidade do produto. Possui graduação alcoólica de 5,2% e a temperatura ideal para consumo é entre 5 e 7º.
     Ainda não posso dizer se realmente procede a descrição, pois ainda não abri a lata para provar, mas prometo assim que o fizer, compartilharei as impressões neste espaço. 
     É uma bela lata, de uma tradicional e antiga cervejaria alemã que com certeza terá local de destaque em minha coleção.


Em breve post sobre o Chopp Kalena ! Por hoje é isso, até mais !



LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...