terça-feira, 29 de novembro de 2011

Cerveja Eisenbahn Oktoberfest - Brasil


     Após as comemorações do mês de outubro a Eisenbahn disponibiliza exclusivamente na internet um vídeo especial falando da Eisenbahn Oktoberfest, cerveja sazonal da marca. Apresentado por Juliano Mendes, um dos fundadores e hoje consultor da marca, o conteúdo do vídeo traz informações interessantes sobre o produto de forma clara e de fácil entendimento. Este vídeo faz parte de uma série de treze vídeos e foi gravado no Bar da Fábrica da Eisenbahn em Blumenau. 


     E esta é a bela garrafa da Eisenbahn Oktoberfest, que ainda não tive o prazer de provar, mas espero que em breve, eu possa compartilhar com vocês esta experiência
Por hoje é isso, beba com moderação e até mais !


sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Cerveja Santa Fé e Bauhaus Cobre - Brasil


     Boa noite amigos, com o mercado de cervejas artesanais aquecido, os lançamentos de cervejas especiais são cada vez mais frequentes. Neste post, veremos o lançamento das cervejas Santa Fé e Bahaus Cobre que ainda não provei, mas espero provar, para poder contar-lhes se as cervas realmente são que dizem ou não!

Santa Fé e Bauhaus Cobre: por um estilo brasileiro de fazer cerveja
Cervejaria Premium apresenta receitas que adaptam tradicionais estilos ao gosto do brasileiro



     Com o crescimento do mercado nacional de cervejas especiais, ganha força a pesquisa por estilos que tenham a cara do Brasil. Dentro dessa busca, a Cervejaria Premium apresenta duas Lagers com personalidades distintas e paladar bem brasileiro: a inédita puro malte Santa Fé e a extra puro malte Bauhaus Cobre, esta, uma reedição da Bauhaus lançada em 2008. Produzidas sem adjuntos, as receitas combinam lúpulos e maltes importados e fermentos exclusivos com a água levíssima e de alta potabilidade, que abastece a fábrica na cidade mineira de Frutal. A ocasião pedia um visual novo à altura e  ambos os rótulos foram criados pelo designer americano Randy Mosher, célebre por seus livros sobre produção cervejeira e responsável pela criação da identidade visual  e de cervejas especiais em  diversas micro cervejarias daquele país, principalmente na região da cidade de Chicago, Illinois.

Elaborada com dois tipos de maltes, a Santa Fé se destaca pelo paladar suave e altamente refrescante. O segredo é a ausência de lúpulos de amargor, o que confere à bebida um final leve e com agradável sabor. Os lúpulos utilizados são aromáticos e resultam em notas herbais e florais. “Nós queríamos adaptar os estilos clássicos ao clima tropical e, por isso, criamos a Santa Fé pensando no que seria uma brazilian lager, ou seja, uma cerveja especial leve, mas com presença. A ideia é atender ao público que procura uma cerveja de qualidade e para ser consumida nas diversas ocasiões merecedora deste tipo de produto”, comenta Ricardo Castilho, gerente comercial da Cervejaria Premium. Em conversas do grupo com Randy Mosher, que ao provar uma amostra se lembrou das cervejas do início do século passado, apesar de seu amargor atenuado, nasce para a cerveja, o nome de Santa Fé, inspirada na capital do estado americano de Novo México, um dos símbolos da ocupação do Velho Oeste. O rótulo traz elementos clássicos desse período e a data de 1901, muito retratada em locomotivas e placas de filmes de faroeste.

Já na repaginação da Bauhaus, Mosher se inspirou na coloração dourada acobreada da cerveja para elaborar a nova identidade visual.  Renomeada de Bauhaus Cobre, ela é a única lager extra puro malte nacional pois, além de não levar aditivos, é elaborada com uma alta carga de diversos maltes. A receita original alemã foi adaptada pelo mestre-cervejeiro Fábio Roosen Runge Villela, que usou dois tipos de lúpulo originários  da Baviera para ajustar o amargor a um nível suave e instigante. Já o fermento da receita foi desenvolvido na Weihenstephan – o maior e mais antigo centro cervejeiro de Munique – e a maturação da bebida leva 40 dias, tempo similar usado pelas mais tradicionais cervejarias checas. O resultado é uma cerveja de paladar encorpado, levemente mais alcoólica, com aromas florais, cítricos e de caramelo. “A Bauhaus Cobre já é direcionada para quem gosta de uma cerveja um pouco mais amarga, com um corpo mais denso. Por essas características, este rótulo com um potencial gastronômico maior”, explica Cristiano Alves, gestor do grupo para cervejas especiais, que indica a harmonização com pescados e frutos do mar, além de pratos ácidos, condimentados ou picantes.


Sobre a Cervejaria Premium:
A Cervejaria Premium foi inaugurada em 2005 na cidade de Frutal, no Triângulo Mineiro, região privilegiada pela água da maior reserva natural do mundo, o Aquífero Guarani. A fábrica conta com uma estrutura de produção moderna e totalmente automatizada. Marcas como as alemãs Krones e Steinecker, a Suíça Filtrox e a brasileira Dedini garantem a tecnologia de última geração empregada nos setores de produção e envase.


Dados técnicos:
Santa Fé
Teor alcoólico: 4,7%
Cerveja de baixa fermentação, de cor amarelo-dourado, corpo e amargor médios, e levemente adocicada. Aromas maltados, herbais e florais.
Embalagens: 600ml; lata (473ml); e long neck (330ml)









Bauhaus Cobre
Teor alcoólico: 5,1%
Cerveja de baixa fermentação, de cor dourado-acobreado, espuma densa e persistente e corpo médio-alto. Aromas florais, cítricos e de caramelo.
Embalagens: 600ml; lata (473ml); e long neck (330ml)






Por hoje é isso, e até mais !!!


segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Cerveja Opa Bier 500 - Brasil

      Boa noite amigos, hoje trago a este blog, uma cerveja que trouxe de uma viagem à Santa Catarina . Trata-se da Cerveja Opa Bier 500, edição especial e limitada fabricada pela cervejaria de mesmo nome, com sede em Joinville-SC. Esta é a primeira garrafa de alumínio fabricada no Brasil, seguindo tendência dos EUA, onde este tipo de garrafa atualmente é muito comum. Como ainda não abri a minha garrafa, compartilho com vocês a descrição comercial do produto e uma foto da belíssima garrafa, que com certeza vou guardar num lugar de destaque em minha coleção !



"O pioneirismo da Opa Bier fica em evidência com esse lançamento. É a primeira cerveja envasada em garrafa de alumínio em território nacional. Na versão de 500ml, preserva todo o sabor da Pilsen Puro Malte com um toque de ousadia. Seu rótulo estampa o resgate à invenção desse líquido precioso pelos Sumérios. " Site Opa Bier


"Para comemorar seus 5 anos, a cervejaria Opa Bier, de Joinville (SC), lança uma edição especial limitada em garrafa de alumínio de 500 mililitros. A embalagem amarela, com design criado pela própria Opa, traz desenhos dos sumérios, inventores da cerveja. É a primeira cerveja produzida no Brasil engarrafada nesse tipo de embalagem."
(Revista EmbalagemMarca - nº146, out/2011, pág. 63)



     Gosto muito das cervejarias de Santa Catarina, e a Opa Bier, com este lançamento com certeza vai adquirir lugar de destaque neste mercado. Vida longa a Opa Bier.


Até mais ! E beba com moderação !

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Lançamento - Barril Pet de Heineken e Amstel


     Excelente novidade. A Heineken e a Amstel acabam de lançar no mercado cervejeiro, ( só na Europa até o momento) suas novas versões, agora em uma garrafa de PET. Batizadas com o nome de Tapje, essas novas embalagens (desenvolvidas por uma empresa chamada APPE) apresentam uma torneirinha de barril e possuem uma tecnologia impressionante conhecida como barreira monocamada MonoBlox, que impede a entrada de O2 ao mesmo tempo que bloqueia a saída de CO2, preservando a integridade da cerveja por até 30 dias depois de aberta. Incrível não!?
     Mais uma excelente iniciativa de marcas cervejeiras estrangeiras, que poderia servir muito bem de exemplo às marcas nacionais. Quanto maior a variedade de apresentações de cerveja, maior o público consumidor. Tradição é válido, mas inovar também é preciso.
Barris de 4 litros da Heineken e Amstel


Por hoje é isso, e até breve !

Cerveja Hacker Pschorr - Alemanha

     Comecei o post com a imagem da garrafa, pois foi isso que me chamou atenção na hora da compra. A garrafa possui uma tampa rolha ( sistema flip top), com uma alavanca que faz pressão para baixo, deixando-a bem fechada. Temos hoje aqui a cerveja Hacker-Pschorr Anno 1417.  que segundo sua descrição comercial é uma cerveja escura, tipo Lager, de baixa fermentação, fabricado pela cervejaria de mesmo nome, desde 1417 de acordo com as leis de pureza mais antigas da Alemanha.
     Após a apreensão de descobrir como funcionava o sistema de abertura, o que se apresentou foi uma cerveja com coloração turva, e com uma espuma bem cremosa e duradoura. O sabor presente do lúpulo, mostrou que realmente se trata de uma legítima lager alemã. 
Detalhe da coloração turva
Ficha Técnica:
Nome: Cerveja Hacker-Pschorr
Tipo: Lager
País: Alemanha
Graduação Alcoólica: 5,5%
Ano de Fabricação: 2011
Preço: R$ 12,00 ( garrafa 500ml)

Por hoje é isso, e até mais !!!!




domingo, 6 de novembro de 2011

Cerveja Therezópolis Gold - Brasil

     Boa noite amigos !  Aproveitando o post anterior, do lançamento da Therezópolis Rubine, aproveitei para fazer o post sobre o kit da cerveja Therezópolis Gold que adquiri a algumas semanas.
     Na caixa, fiquei conhecendo um pouco sobre a história da Cervejaria Sankt Gallen, de Teresópolis-RJ. Segue trecho desta interessante história:
" Em 1912, o visionário Alfredo Claussen, descendente de imigrantes dinamarqueses que povoavam Teresópolis durante o século XIX, foi pioneiro ao fundar a primeira cervejaria na cidade serrana. Mestre Claussen lançou a receita de seus ancestrais como grande diferencial de sua cerveja: combinou o melhor malte importado e os três tipos de lúpulos aromáticos com a cristalina água mineral das montanhas de Teresópolis, surgindo assim a Cerveja Therezópolis.

     Confesso que esse histórico me deixou com uma grande expectativa em relação a esta cerveja, apesar de até este momento não conhecer muito sobre esta cervejaria.  Pensei que por ser do tipo puro malte, seria uma bebida forte e amarga, mas para minha surpresa não foi isso que aconteceu.
Uma coloração dourada, com uma espuma cremosa e de média duração se apresentou, mostrando uma bela carta de boas-vindas.  E no quesito sabor, não deixou a desejar, um sabor marcante e presente, com um baixo amargor e grande refrescância. Eu devo dizer, que aprovei, pois esse é o tipo de cerveja que gosto: nem aguada e nem forte demais. No ponto !






Não se esqueça de seguir as instruções, pois eu me esqueci!

  • Servir entre 4 e 5º;
  • Despejar numa taça inclinada a 45º;
  • Deixar dois dedos de espuma;
  • E aproveite, pois vale a pena !!!!





Por hoje é isso, e até mais !!!







LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...